Notícias

Alertas de queimadas aumentam 10% nos dez primeiros dias de julho no Brasil em relação a 2019, aponta Inpe

floresta-amazonia-amazonica (Foto: Globo Rural)

 

Entre primeiro e 10 de julho, o Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), registrou 2.444 alertas de queimadas no Brasil em 2019. Em 2020, no mesmo período, foram contabilizados 2.708 focos, o que representa aumento de 10,8%, co considerando apenas os satélites de referência utilizados pelo Inpe.

Julho é conhecido como o início da época seca, principalmente na Amazônia, quando incêndios se alastram devido ao acúmulo de matéria orgânica proveniente do desmatamento.

Ao olhar para o bioma, as queimadas na primeira dezena do mês também aumentaram. Foram 681 alertas no ano passado, ante os 721 já registrados em 2020. Apesar da alta no bioma, é o Cerrado que lidera as queimadas  no início de julho. Enquanto, em 2019, o Cerrado foi responsável por 47,7% dos focos, em 2020 o número já saltou para 56,4%.

queimadas-inpe-julho (Foto: INPE)

 

Atualizado em 05/08/2020 ás 08h 19min

Fonte: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Sustentabilidade/noticia/2020/07/alertas-de-queimadas-aumentam-10-nos-dez-primeiros-dias-de-julho-no-brasil-em-relacao-2019-aponta-inpe.html

VEJA TAMBÉM